Posts

parenting-talking-to-child

O “NÃÃÃOOOOO” nem sempre funciona

(Esse texto foi escrito por uma leitora do blog, a Fernanda Gabriela Rodrigues e acredito que ilustra muito bem uma situação de como colocar limites. Nesse caso, o limite não tinha objetivo de ajudar o filho a extravasar como eu sugiro nos textos sobre Educação por Conexão. Esse foi um limite mais parecido com o proposto pela Educação Ativa visando simplesmente delimitar o universo de opções para a criança. Boa leitura e abraços, Marcelo Michelsohn) Leia mais

Filhos e a Potência de Vida

Hoje minha filha faz 5 anos. Ontem eu e minha esposa ficamos lembrando do nascimento e contando para ela como foi.

Na noite que rompeu a bolsa, minha esposa estava com tanta energia que depois de quase 8 meses sem ir para a cozinha, fez um banquete. Fomos ver uma comédia ridícula e foi então que tudo começou. O rompimento da bolsa, as contrações, a ligação para o obstetra que nos apoiou a cada instante durante o parto natural (coisa rara). Obrigado João Carlos. Leia mais

Ambientes Preparados para Crianças nas Férias

Estamos passando as férias de final de ano com meus pais e minha avó. Já estamos há 4 dias juntos em um apartamento: 5 adultos e duas crianças de 4 e 2 anos. Chove. Nesse post vou mostrar como minha esposa criou alguns ambientes para tornar o espaço mais preparado para as crianças.

Muitas pessoas viajam no final do ano e ficam em casas de parentes, casas alugadas ou hotéis, e raramente nos lembramos de olhar para o ambiente e perguntar: “O que podemos fazer para aumentar a autonomia das crianças ou para criar espaços que as estimulem?” Leia mais

Tea_cups

Como Evitar Conflitos na Hora do Suco de Uva

Semana passada vivi uma situação que ilustra bem o que quero dizer quando falo em estar presente e conseguir respeitar as crianças, evitando conflitos. Estava na casa de amigos, pessoas muito queridas e pais que fazem tudo o que podem para criar seus filhos da melhor maneira possível. Esses amigos tem duas filhas de 6 e 4 anos que chamarei de Carla e Sofia respectivamente.

Meus filhos estavam brincando com Carla e Sofia no quintal da casa delas, quando Carla diz que está com sede e que quer suco de uva. Como é normal, isso gera uma reação em cadeia e, todas as crianças dizem que estão com sede e que querem suco de uva também.  Eu disse que ia buscar e fui para a cozinha. Estava com pressa para voltar para o quintal pois não queria deixa-los sozinhos. Leia mais

“Sai daqui Pai! Eu quero a mamãe!”

(Esse texto demora uns 7 minutos para ser lido, pois descrevi em detalhes a situação que aconteceu hoje aqui em casa. O texto fala sobre a importância de se colocar limite com gentileza. Fala sobre desconexão e conexão. Sobre cansaço e energia para estar com as crianças e termina com uma reflexão sobre a dificuldade da maioria dos pais e mães para terem espaço temporal e mental para ajudar os filhos a lidarem com seus sentimentos.) Leia mais

Brincar pela criança vs Estar presente com a criança que brinca

Cheguei na Praça do Côco com meus filhos Luna (3 anos e 9 meses) e Leo (1 ano e 7 meses) na 3a feira por volta das dez da manhã. Não, eu não estava de férias. Minha esposa faz uma aula de dança das 10 as 11:30 toda terça feira e eu fico com as crianças. Ser consultor independente ajuda bastante a ter horários flexíveis e poder fazer esse tipo de coisa. Regiane é mãe em tempo integral, portanto é importante que ela tenha alguns momentos só pra ela e é o mínimo que eu posso fazer. Leia mais