Posts

princesa no portão

O Prato Azul: ou a escuta do choro como prática de transformação

Cada vez entendo mais que os princípios, práticas e ferramentas que aprendo na Criação com Conexão ou em qualquer outra metodologia não devem servir para substituir antigos hábitos. Trocar um hábito por outro é tentar melhorar o que está ruim. O que quero é ser o criador da minha vida, da minha jornada. Então uso as práticas como pontes de passagem que ajudam a transformar minhas emoções e me possibilitar criar respostas inéditas a cada momento. Nesse texto, compartilho um exemplo de como estou fazendo isso. E te convido a criar seus próprios processos criativos para uma vida mais potente. Se quiser trocar ideias sobre isso e apoiar meu processo de desenvolvimento, experimente o Grupo Conexão Pais e Filhos.

O Prato Azul: ou a escuta do choro como prática de transformação

Hora do almoço em casa. Eu, minha esposa, dois filhos (uma menina de 5 e um menino de 3 anos) e um amigo nosso. Coloco os pratos na mesa e chamo as crianças para comer. Minha filha chega por último. Olha um prato com borda azul no lugar que estava sobrando, olha pra mim e diz em tom de reclamação: “Eu não quero esse prato!”. Eu escuto aquilo. Não sinto raiva nem fico chateado. Antigamente eu ficaria, pois teria certeza de que ela estava me desafiando. Sinto vontade de me aproximar dela e escutar com mais atenção para saber o que está por trás daquela fala, principalmente do tom que ela usou. Olho pra ela e digo calmamente: “Hoje vai ser esse prato”. Leia mais

Briga entre irmãos

Briga entre irmão: como lidar com uma situação de agressão

(Esse texto descreve uma situação de briga entre meus filhos, como eu reagi e como a questão se dissolveu. Tempo de leitura: menos de 5 minutos)

Fomos convidados para lanchar na casa de um casal que conhecemos através dos padrinhos da Luna e do qual gostamos muito, apesar de ser a segunda ou terceira vez que nos encontramos. Eles moram em um apartamento bonito e espaçoso. Levei materiais de arte: papel, giz de cera e lápis de cor, caso as crianças quisessem fazer esse tipo de atividade. Os padrinhos da Luna já estavam lá quando chegamos. Após os cumprimentos iniciais, fiquei com as crianças enquanto elas exploravam esse espaço novo. Leia mais