Posts

Mentira

O Que Fazer Quando uma Criança Mente

(Essa é a tradução de um texto da Patty Wipfler, fundadora do Hand in Hand Parenting. Você pode ler o original clicando AQUI. Ele foi traduzido pela Luciana Paquet, que além de leitora do blog é tradutora profissional. Para conhecer o trabalho da Luciana, é só clicar no site dela: lucianapaquet.com . Boa leitura! Aguardo seus comentários ao final do texto. Você já teve experiência com crianças que mentem? O que fez? O que faria diferente depois de ler o texto?)

Pergunta: O que eu devo fazer quando meu filho de 5 anos mente? Ele é um menino brilhante. Atualmente, algumas das mentiras que ele tem contado são frutos da sua imaginação, mas outras – e isso tem acontecido com mais frequência – são para negar alguma coisa que ele fez, dizendo que a culpa é do fantasma que mora conosco. Como eu posso fazer para que ele entenda as consequências quando ele não admitir que foi ele quem fez? Às vezes, eu simplesmente falo “Olha, o xampu esparramou todo no chão! Pegue esta toalha, eu pego esta outra, e vamos limpar.” Ele me ignora como um adolescente! Outras vezes, eu que ignoro a mentira que ele está contando e me baseio no que eu estou vendo: ele diz que guardou os livros, mas eles continuam espalhados, então eu digo que nós não vamos ao parque enquanto ele não arrumar. Eu não acho que passo a impressão que acredito nas suas mentiras. Eu só não quero ter que lidar com elas.
Leia mais

Uma História de Conexão Verdadeira Com Minha Filha

Temos um casal de amigos com filhos da idade dos nossos, 5 e 3 anos. Hoje, domingo, eles nos convidaram para jantar fora, mas decidimos não ir junto:  eu estava cansado e minha esposa com uma espécie de virose. Minha filha disse que queria ir e esses amigos disseram que a levariam numa boa. Ela ficou super animada. Tomou banho, escolheu uma roupa especial para ocasião e quando eles buzinaram ela disparou para o portão. Saíram de casa por volta das 19:00 e voltaram as 22:30. Minha filha já conhecia o restaurante e, apesar de não gostar da comida, adora ir lá para brincar com as crianças, inclusive com a filha do dono. O restaurante é pequeno e não há espaço preparado para crianças. Mas as crianças adoram o lugar. Leia mais

Uma Prática Para Melhorar a Conexão Com Seus Filhos

Uma das práticas que eu aprendi com a Paty Wipfler, fundadora do Hand in Hand Parenting, chama-se “Momento Especial”.  É um tempo, 5, 10, 15, 30 minutos, no qual você se dedica exclusivamente a estar com seu filho. No começo, eu achava que isso era uma técnica baseada naquele velho chavão de que “qualidade é mais importante do que quantidade” e que servia para acalmar os pais que passam a maior parte do dia longe das crianças. Mas ao longo de meses de prática, percebi que é algo muito mais profundo e transformador do que isso. Leia mais

cabra cabres

Momento Especial e o Medo do Cabra Cabrês

(Para ler esse texto em inglês  acesse os textos do Filhas e Filhos no site do Hand in Hand Parenting)

Acabei de usar uma técnica do Hand in Hand Parenting, chamada Momento Especial (Special Time). A ideia é dar total atenção a uma criança e permitir que ela escolha o que quiser fazer dentro de um limite de tempo estabelecido por um adulto. Eu estabeleci o tempo de 15 minutos e disse para a Luna: “O papai vai correr agora e quando eu voltar vou tomar banho e comer meu café da manhã. Depois disso eu terei 15 minutos para fazer um Momento Especial com você. Você pode escolher o que quiser fazer aqui em casa e eu farei só com você.” Na hora do momento especial pedi para a Regiane ficar com o Leo, pois cada um deve ter seu momento especial sozinho, sem que o adulto divida a atenção com outra criança, com outro adulto ou com celular, computador, telefone. Leo chorou e disse que queria brincar também. Eu disse que faria um Momento Especial com ele depois que acabar o tempo da Luna. Leia mais